Ao pensar em adquirir um imóvel é necessário que você analise com calma o cenário econômico do momento, não só em relação as suas finanças pessoais como também de uma forma mais ampla, na economia do país.

Quando a taxa de juros cai, forma-se o cenário ideal para você investir na compra de um imóvel. A responsável por isso é a taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia), a taxa de juros básicos que controla a economia do Brasil.

Em resumo, quando a taxa Selic cai, os juros de financiamento também caem, facilitando o acesso à casa própria. Quer entender um pouco mais como isso impacta na compra do seu imóvel? Confira no artigo que a Montreal preparou para você!

Cenário atual ocasiona preços mais baixos

O momento atual é ideal para quem possui uma reserva financeira e pretende comprar um imóvel para residir ou investir, pois os preços estão baixos. Entre os potenciais compradores estão aqueles que perceberam, durante a quarentena, a necessidade de viver com a família em outro imóvel e os que buscam uma alternativa mais rentável que o mercado financeiro porque a taxa Selic, que baliza parte das aplicações, segue a tendência de queda.

Paulo Obenaus, presidente da Fiesc (Câmara de Desenvolvimento da Indústria da Construção da Federação das Indústrias do Estado), afirma que uma das vantagens de investir agora no setor é que os juros estão baixos para financiamento, tanto para o consumidor final quanto para construtoras fazerem os investimentos.

Paulo observa que durante a pandemia, os imóveis que sofreram menos impactos nas vendas em função da crise são os do segmento econômico, os de luxo no litoral – região que não sofre muito com oscilações da economia –, e aqueles para a classe média-alta, que está mantendo os planos de investimento em residência melhor.

Juros em baixa, facilidade no financiamento

Todas as taxas de juros do país, do cartão de crédito, financiamento imobiliário, passando pelos rendimentos de investimentos de Renda Fixa e empréstimos pessoais, são influenciados pela taxa Selic.

Uma Selic em níveis baixos costuma ter influência positiva em muitos setores, o imobiliário é um deles, pois como você já viu, o financiamento de imóveis também entra nessa lista. Ou seja, uma vantagem enorme para quem deseja comprar o tão sonhado imóvel.

Os bancos, por exemplo, se utilizam da taxa Selic para obter recursos e emprestar dinheiro as pessoas que desejam comprar suas casas. Se a taxa de juros estiver baixa, os custos diminuem para esses bancos e, consequentemente, os juros dos empréstimos e dos financiamentos também caem para o consumidor.

Na prática, para ter os recursos para os financiamentos, o banco vende títulos de investimento (os CDBs – Certificado de depósito bancário) para investidores, prometendo uma remuneração que é atrelada ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário), equivalente à Selic.

Por isso, quando a Selic sobe, o CDI acompanha esse crescimento. Por consequência, o dinheiro que o banco adquire para financiar as operações imobiliárias fica mais caro. Para compensar, o banco sobe os juros do financiamento. Do contrário, quando a Selic desce, o CDI cai e o dinheiro do banco fica mais barato.

Atualmente, com a Selic em baixa, muitos financiamentos estão ficando mais baratos. Isso acontece porque os bancos concorrem pelos financiamentos. Se um banco diminui a taxa, os outros precisam reduzir também ou perderão contratos futuros.

Conclusão

Mesmo sendo uma referência para as demais taxas, é importante lembrar a taxa Selic não representa o percentual de juros que você vai pagar pelo seu financiamento, mas sim uma parte dele.

A queda na taxa de juros mostra como é importante você estar preparado financeiramente para alterações na economia. Esta, por exemplo, é a melhor época para adquirir um imóvel por meio de financiamento. Portanto, sempre que possível, guarde uma parte da sua renda para investir quando o momento estiver favorável.

Agora que você já sabe como a taxa de juros em baixa contribui positivamente na compra do seu imóvel, conheça os empreendimentos que a Montreal disponibiliza para você!

Com informações do Portal SINDIMÓVEIS/SC